ECONEXA: Capoeira, Ancestralidade, educação, saúde e cultura no trabalho com crianças e jovens vulnerabilizados

Date:

Compartilhe esta postagem:

No dia 10/11, teremos o ECONEXA: “Capoeira ancestralidade, educação, saúde e cultura no trabalho com crianças e adolescentes e jovens vulnerabilizados” com um convidado muito especial:

  • Paulo Henrique Menezes da Silva! Ele é Mestre de Capoeira, Mestre em Patrimônio, Cultura e Sociedade pelo PPGPaCS/UFRRJ, Especialista em Patrimônio, Direitos Culturais e Cidadania pelo NDH/UFG; Pesquisador do Grupo de Estudos Patrimônio e Cultura Afro-Brasileira/GEPCAfro/CNPq; Pesquisador do LEAFRO – Laboratório de Estudos Afro-Brasileiro e Indígenas da UFRRJ, Membro do ICOMOS Brasil; Membro do NEAB/DEGASE; Pesquisador do Observatório do Patrimônio Cultural do Sudeste FAPERJ/UNIRIO e editor da Revista Íbamò.

Estamos te aguardando!

Inscrições e outras infos no link: http://www.extensao.uff.br/inscricao/?id=5056

Mais informações:

O ECONEXA (Grupo de Estudos, Conexões e Afetos: Infâncias, Adolescências e Juventude em Foco) é uma ação mensal de formação/educação permanente e articulação interprofissional e interinstitucional, que integra os Projetos desenvolvidos pelo Grupo de Pesquisa, Ensino e Extensão em Saúde e Intervenção Psicossocial para Pessoas em Situação de Rua e/ou Violência, do Instituto de Saúde Coletiva da Universidade Federal Fluminense (PPGSC/UFF), coordenado pela Profª Sônia Dantas Berger (MPS/ ISC/UFF).

O ECONEXA está articulado aos planos de atividades do Projeto de Extensão “CRIANÇAS E ADOLESCENTES EM SITUAÇÃO DE RUA E ACOLHIMENTO INSTITUCIONAL: CONSTRUINDO ESTRATÉGIAS DE ACOLHIMENTO INSTITUCIONAL” (PROEX/ UFF)” e do Projeto de Pesquisa e Extensão: NITERÓI – UMA CIDADE INTEIRA PARA TODAS CRIANÇAS, ADOLESCENTES E JOVENS (ISC-UFF/ SASES-PDPA).

Os temas abordados e a metodologia adotada se orientam pelos pressupostos éticos, políticos e pedagógicos da Extensão Popular e buscam atender às demandas apontadas tanto pelos alunes, técnicas e docentes da UFF ,como por profissionais(as) e usuários(as) das redes de saúde, atenção psicossocial e socioassistencial de Niterói, em especial os que atuam no Sistema de Garantia de Direitos de Crianças e Adolescentes, apostando assim na construção compartilhada de saberes para um agir crítico dos atuais e futuros trabalhadores sociais.

Foto: Mazé Mixo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Campanha dos 21 Dias de Ativismo contra o Racismo se inicia no dia 5 de março com diversas atividades

A partir de seu embrião, em 2016, neste ano a Campanha 21 Dias de Ativismo Contra o Racismo...

Espaço Brincante recebe Mestre Russo de Caxias para vivência e roda de capoeira

Documentário, vivência e aulão de capoeira para todas as idades é a programação deste domingo no Espaço Brincante...

Dique do Tororó recebe o Movimento Cadê Salomé para roda de capoeira e prosa neste final de semana

Com a participação da Mestra Lilu, mulher, mãe, capoeirista e pesquisadora e de Professora Negona, mulher negra, amante...

Nessa Roda tem Mandinga! Mandinga de Mulher!

O Programa Mandinga de Mulher, uma parceria entre a Rádio Capoeira e o Grupo de Estudos e Intervenção...