Iphan de Alagoas inaugura mostra sobre orixás

Date:

Compartilhe esta postagem:

Na próxima quinta-feira, 19 de março, a partir das 19h,  será inaugurada a exposição Antropomorfia – À sombra dos orixás, da artista Alice Barros, na Casa do Patrimônio do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), em Jaraguá (AL).

A mostra, que traz desenhos e pinturas que representam a dimensão simbólica presentes em contos e mitos, faz parte de um projeto que vem promovendo uma série de ações para a promoção da arte e da cultura, a partir do edital de exposições temporárias de 2014/2015 do Iphan-AL.

A artista Alice Barros nasceu em Alagoas, mas foi em uma temporada em Brasília que seus primeiros experimentos em desenho e poesia. É artista visual, poeta, arte-educadora e produtora cultural. O trabalho apresentado nesta mostra, com curadoria de Robertson Dorta, é parte de uma série de estudos sobre os orixás. As pesquisas começaram em 1999, enquanto cursava a Faculdade de Artes Dulcina de Moraes, na capital federal. Nesse período, surgiram os esboços dos orixás, trabalho que amadureceu e que, agora, vem a público, mostrando a poética do sobrenatural.

A Casa do Patrimônio
A Casa do Patrimônio em Maceió é um espaço de diálogo e interação entre Iphan e a comunidade local. Além de um acervo de esculturas da artista Tânia de Maya Pedrosa, abriu-se como promotor de arte por meio de seus editais. Até o final de 2015, estão previstas a realização de seis exposições.

O último edital 2014/2015 visou estabelecer com artistas, produtores culturais, educadores, estudantes e membros da comunidade em geral, uma relação favorável à discussão e reflexão sobre a produção artística, o cenário cultural e a dinâmica do patrimônio cultural em Alagoas. A exposição de Alice Barros é a quarta a ocupar o espaço da Casa do Patrimônio em Maceió, tendo sido antecedida por Memento, de Celso Brandão; Descanso Eterno, de Siloé Amorim; e Civilização Periférica, grafos pré-urbanos, de Achiles Escobar. Na sequência, serão abertos ao público os trabalhos Acrilírica, de Marta Emília; e XIS, de Herbert Loureiro.

Serviço:
Antropomorfia – À sombra dos Orixás.
Data:
19 de março de 2015
Horário: 19h
Visitação gratuita: de 19 de março a 21 de abril de 2015.
de terça a domingo, das 09h às 17h.
Local: Casa do Patrimônio, Iphan-AL. – Rua Sá e Albuquerque, n. 157, Jaraguá, Maceió-AL.

Fonte: IPHAN

Artigos Relacionados

Campanha dos 21 Dias de Ativismo contra o Racismo se inicia no dia 5 de março com diversas atividades

A partir de seu embrião, em 2016, neste ano a Campanha 21 Dias de Ativismo Contra o Racismo...

Espaço Brincante recebe Mestre Russo de Caxias para vivência e roda de capoeira

Documentário, vivência e aulão de capoeira para todas as idades é a programação deste domingo no Espaço Brincante...

Dique do Tororó recebe o Movimento Cadê Salomé para roda de capoeira e prosa neste final de semana

Com a participação da Mestra Lilu, mulher, mãe, capoeirista e pesquisadora e de Professora Negona, mulher negra, amante...

Nessa Roda tem Mandinga! Mandinga de Mulher!

O Programa Mandinga de Mulher, uma parceria entre a Rádio Capoeira e o Grupo de Estudos e Intervenção...