Lideranças da Capoeira e Ministro se reúnem no RJ

Date:

Compartilhe esta postagem:

Na última sexta-feira, 24 de julho, diversas lideranças da capoeira carioca reuniram-se com o Ministro do Trabalho, Carlos Lupi, para discutirem a inclusão da Capoeira no cadastro Brasileiro de Ocupações – CBO.


O Ministro, que estava visitando a sede do Ministério do Trabalho no RJ, disse que os capoeiristas lhe pediram ajuda no sentido de agilizar junto ao Senado Federal a aprovação de projeto em tramitação naquela casa que visa a regularização da Capoeira.



O Ministro disse aos capoeiristas que não medirá esforços para que este projeto seja aprovado. Segunda a assessoria de imprensa do Ministério do Trabalho, Carlos Lupi pediu aos seus assessores empenhos na articulação junto aos senadores. Espera-se que o projeto seja aprovado até dezembro deste ano e que assim a Capoeira possa ocupar um lugar na Classificação Brasileira de Ocupações (CBO), do Ministério do Trabalho e Emprego.


Este projeto visa o reconhecimento da profissão de Capoeirista. Depois do tombamento da Roda de Capoeira e do Saber dos Mestres de Capoeira pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, este, com certeza, é mais um passo importante, mais não é o único. Os capoeiristas de todo o Brasil precisam estar atentos para outros Projetos de Lei que se encontram em tramitação no Congresso Nacional e que são do interesse de todos (as) nós, como é o caso do Projeto 1371/2007, da Deputada Federal Alice Portugal (PCdoB/BA), que altera a lei 9696/98, (saiba mais aqui), que determina que não estão sujeitos à fiscalização dos Conselhos Regionais de Educação Física os profissionais de dança, artes marciais e ioga, capoeira e método pilates, seus instrutores, professores e academias e também o PL 2858/2008, de autoria do Deputado Federal Carlos Zarattini, do PT/SP, que dispõe sobre a regulamentação da atividade de Capoeira. Sabemos que a participação dos diversos seguimentos da Capoeira, seja acompanhando as votações no Congresso Nacional ou fazendo lobby junto aos deputados em Brasília, não tem sido eficiente. Um exemplo disto foi a audiência pública que ocorreu em Brasília sobre o PL 1371/2007 e que contou com a presença apenas dos representantes da dança, segundo informações da assessoria da deputada Alice Portugal.



Portanto galera abra o olho ou levaremos uma rasteira e, depois do tombo, não teremos como nos levantar, já que, quando lutamos, cada um está de um lado diferente.


Obs: O crédito das fotos é do Mestre Pipoca, do Grupo de Capoeira da Senzala.


Este artigo pertence ao Berimblog | Blog oficial de Mestre Paulão.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Campanha dos 21 Dias de Ativismo contra o Racismo se inicia no dia 5 de março com diversas atividades

A partir de seu embrião, em 2016, neste ano a Campanha 21 Dias de Ativismo Contra o Racismo...

Espaço Brincante recebe Mestre Russo de Caxias para vivência e roda de capoeira

Documentário, vivência e aulão de capoeira para todas as idades é a programação deste domingo no Espaço Brincante...

Dique do Tororó recebe o Movimento Cadê Salomé para roda de capoeira e prosa neste final de semana

Com a participação da Mestra Lilu, mulher, mãe, capoeirista e pesquisadora e de Professora Negona, mulher negra, amante...

Nessa Roda tem Mandinga! Mandinga de Mulher!

O Programa Mandinga de Mulher, uma parceria entre a Rádio Capoeira e o Grupo de Estudos e Intervenção...